como previnir bolhas ao utilizar protese

Como Prevenir Bolhas ao utilizar Prótese Ortopédica?

Conseguir uma prótese ortopédica é motivo de muita alegria para um amputado, pois poderá continuar a viver a sua vida com qualidade e mobilidade. Entretanto, uma coisa que pode se tornar um incômodo são as bolhas. Neste artigo veja como prevenir bolhas ao utilizar a sua prótese ortopédica. 

 

Embora as bolhas podem não parecer um problema médico grave, elas se tornam extremamente dolorosas. Cada passo com a prótese pode se tornar difícil e se não tratadas podem causar infecções graves.  

 

Por esses e outros motivos, nunca ignore as bolhas. Continue a leitura!

 

Encaixe da prótese:  Como previnir bolhas ao utilizar sua prótese ortopédica

Tudo começa com um ajuste certo. Uma prótese de perna e um pé protético são conectados ao membro residual (coto) por um encaixe (cartucho ou soquete). O cartucho se encaixa no membro residual e é onde ocorre o atrito que pode causar as bolhas.

 

Os tipos de encaixes mais comuns são: sucção, vácuo, bloqueio de pino (também chamado de shuttle lock) e o Revo Fit. O Revo Fit é um sistema de encaixe protético de última geração, cujo mecanismo de fechamento e ajuste oferece um melhor conforto para utilização da prótese e pode ser adaptado tanto nos sistemas à vácuo quanto com pino. 

 

Confira abaixo, vídeo do Dr. Anderson, fisioterapeuta e técnico em próteses da Bionicenter, explicando sobre o conforto que o sistema Revo Fit pode proporcionar ao amputado, reduzindo risco de bolhas.

 

 

Um acessório que pode ser utilizado para reduzir o atrito entre o encaixe e a pele, e assim, prevenir bolhas é o Liner. O Liner é uma capa protetora, feita de um material acolchoado especialmente para o coto. O objetivo dele é justamente reduzir o movimento e a fricção entre a pele e o encaixe da prótese, protegendo contra bolhas, proporcionando amortecimento e conforto e pode permitir um melhor encaixe. 

 

Se você achar que a sua prótese não está com um bom encaixe, procure o seu protesista imediatamente. Ele irá avaliar sua prótese e buscar fazer os ajustes necessários para garantir um bom ajuste e prevenir as bolhas.

 

O uso do liner, principalmente no começo, é indicado que se retire o liner a cada 45 minutos pelo menos, para secar o coto e o liner, pois o suor também pode causar bolhas.

 

Cuidados com a sua prótese

Ter alguns cuidados com a sua prótese é uma ótima maneira de ajudar a prevenir bolhas. Veja algumas coisas que você pode fazer:

 

  • Todas as noites antes de dormir, remova a sua prótese. Verifique se não há peças soltas ou danificadas no dispositivo, e sempre verifique o seu coto para ver se há bolhas, feridas ou irritação;
  • Tenha sempre os cuidados básicos de higiene com o coto. Aplique um pouco de loção e massageie a pele ao redor do coto;
  • Faça sempre o enfaixamento do coto, para diminuir o inchaço quando você não estiver usando a prótese; 
  • Busque praticar exercícios que o seu fisioterapeuta recomendou
  • Faça uma limpeza do encaixe da prótese com água e sabão
  • E sempre converse com seu protesista para saber como cuidar melhor da sua prótese.
guia completo do amputado
Baixe nosso E-book Grátis – Guia Completo do Amputado

 

Fatores de risco para problemas com a pele

 

Algumas doenças que reduzem a circulação nos membros inferiores, como doenças vasculares, diabetes, por exemplo, e que são causas de amputação, aumentam o risco da pele se romper e ter uma infecção.

 

Outras doenças que prejudicam a sensibilidade, como as neurológicas, acabam atrasando o diagnóstico ao impedir que os pacientes sintam o desconforto ou dores decorrentes da ruptura ou infecção da pele. Por isso, estes pacientes devem retirar a prótese várias vezes ao dia, e procurar por sinais de bolhas ou sinais de infeção.

 

Como ocorre a ruptura da pele?

A ruptura da pele inicia-se nos locais de pressão, onde as forças laterais incidem sobre a pele, principalmente quando há umidade. Os locais mais comuns de lesões que ocorrem por pressão são as proeminências ósseas, a margem do encaixe da prótese e o membro residual distal.

 

Fique atento aos sinais na sua pele. Um grande sinal de ruptura da pele é o eritema (vermelhidão na pele), que pode ser seguido de dor, edema, bolhas e úlceras. Continuar usando a prótese nesses casos, causa lesões graves na pele e pode resultar em uma infecção cutânea.

 

Contudo, não seja possível evitar todas as rupturas da pele, alguns cuidados podem ajudar a prevenir, veja abaixo:

 

  • Faça a higienização do coto com sabão neutro e lave;
  •  Busque manter o peso corporal estável, é uma ótima maneira de garantir que a sua prótese estará bem ajustada quanto ao encaixe, pois mesmo pequenas oscilações podem afetar o encaixe;
  •   Busque ter uma alimentação saudável e beber bastante água ao longo do dia: isso vai ajudar a manter o peso corporal e a pele saudável;
  • Pacientes diabéticos devem monitorar e controlar a glicemia; 
  • Pacientes com próteses de membro inferior: assegure-se de que a sua prótese esteja alinhada de maneira ideal.

 

Depois de ter tomado todos os cuidados já citados anteriormente e ainda estiver acontecendo problemas na pele, busque por uma avaliação médica.

 

Aja se notar irritação

A prevenção é a melhor maneira, pois é muito mais fácil prevenir uma bolha do que curá-la. Então se você sentir que parte da sua pele está esquentando ou ficando irritada, remova a prótese e deixe a pele respirar um pouco.

 

Caso o problema persista, procure o seu técnico em prótese para que ele possa fazer os ajustes necessários no seu encaixe e com isso evitar as bolhas.

 

Gostou do nosso artigo sobre como prevenir bolhas ao utilizar a sua prótese? Deixe seu comentário abaixo, é muito importante para nós, compartilhe e nos siga em nossas redes sociais Instagram, Facebook e Linkedin para ficar por dentro das novidades!

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *