amputação traumática

Amputação Traumática: O que é, Principais Causas e os Desafios Psicológicos

Amputação Traumática é a retirada de forma acidental de uma ou mais partes do corpo, que pode ser um braço, perna ou dedos. As amputações por causas traumáticas são comuns em acidentes de trânsito, ferimentos por armas de fogo, acidentes de trabalho entre outros. 

 

Estatísticas do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) apontam que cerca de 20% das amputações são de origem traumática, ou seja, causadas por acidentes de trânsito, de trabalho ou ferimentos por arma de fogo.

 

Os dados acima mostram que a amputação traumática é a segunda principal causa de amputação no Brasil, ficando atrás apenas da Diabetes.   

 

Neste artigo falaremos mais sobre as causas da amputação traumática, os riscos, e os desafios psicológicos a enfrentar.

 

Desafios Psicológicos da Amputação Traumática 

psicoterapia

 

A necessidade de uma amputação decorrente das causas citadas acima irão gerar dúvidas, incertezas e inseguranças por parte do paciente e da família . Podem surgir dúvidas quanto ao processo de adaptação à nova vida que virá, adaptação futura a uma prótese ortopédica e qualidade de vida no geral.

 

É muito importante saber de todos os pontos positivos em termos de qualidade de vida que se pode ter, mesmo após uma amputação, graças aos avanços das tecnologias aplicadas à área de protetização.

 

Recomendamos que você busque uma troca de experiências com pessoas que já passaram por esta situação, para o esclarecimento de dúvidas e para a observação das formas de superação das dificuldades.

 

Amputação de partes do corpo, podem gerar danos psíquicos como crises de angústia, medos, desinvestimento na vida entre outros. E isto ocorre porque houve uma alteração da imagem corporal, que faz com que o paciente não se reconheça mais no próprio corpo, causando esses conflitos.

 

Ou seja, um trauma físico pode gerar traumas psíquicos, dificultando os pacientes a praticar atividades como trabalhar, relacionar-se com as pessoas, etc. Esses traumas psíquicos exigem tratamento, como por exemplo, a Psicoterapia , cujo objetivo é impedir uma estagnação e auxiliar na criação de novas possibilidades de vida que o paciente pode ter, buscando uma reconstrução da imagem corporal, conforme vai se reconstruindo as próprias escolhas.

 

Amputações por acidente de trabalho

 

Pesquisas mostram que o Brasil é um dos países com mais acidentes de trabalho no mundo!

 

Segundo Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, ferramenta criada pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) em parceria com a Organização Internacional do Trabalho, de 2012 a 2018 no Brasil, máquinas e equipamentos provocaram cerca de 528.473 acidentes de trabalho, tendo como consequência em torno de 25.790 amputações.

 

Essa negligência por parte de algumas empresas, por não fornecer equipamentos de proteção individual e treinamentos, geram amputações de membros superiores ou inferiores.

 

Amputações por acidente de trânsito

 

Estatísticas apontam que cerca de 90% dos acidentes de trânsito são causados por negligência humana.

 

Os números seriam menores se todos nós respeitarmos as leis de trânsito e pensarmos que quando estamos na direção, devemos pensar na nossa vida e na do próximo.

 

Um exemplo disso, é o caso do Edson, mais conhecido como Edson Perna BMX, que foi atingido por um carro em frente da sua casa, e ficou prensado numa árvore e com isso sofreu uma amputação transfemoral.  Conheça mais da história dele, no vídeo abaixo.

 

 

Riscos da Amputação Traumática

 

Pelo fato de uma amputação traumática ser de maneira acidental e muitas vezes brusca, o coto residual deste tipo de amputação  pode apresentar mais complicações do que em uma pré-agendada como nos casos de hemimelia fibular   ou malformação congénita, por exemplo. 

 

Entretanto, isso não quer dizer que o paciente terá um tempo maior ou menor com relação a adaptação às próteses ortopédicas , pois existem diversos fatores que determinam a duração deste período.

 

Mas é bom ter em mente que o coto, no caso de uma amputação traumática, estará mais sensível e com maior propensão de desenvolver alguma infecção ou inflamação.

 

Outro ponto que devemos citar é com relação a síndrome do membro fantasma, que nos casos deste tipo de amputação pode ter uma frequência maior. Porém, independente do motivo, qualquer amputado está sujeito a ter a dor ou sensação fantasma algum dia da vida. 

 

Justiça concede direito as próteses de alta tecnologia

amputação traumática

 

Você sabia que a justiça pode garantir a você a aquisição de uma prótese de alta tecnologia? Infelizmente muitas pessoas não sabem disso. 

 

Sabemos que milhões de pessoas no Brasil necessitam de uma prótese ortopédica, porém boa parte delas não tem recursos financeiros para adquirir uma.

 

É nessa hora que os recursos judiciais entram como forma de tentar tratamento digno e eficaz para que as pessoas consigam conter os avanços de suas doenças. São inúmeras ações judiciais que buscam a proteção, o cuidado e o tratamento mais eficaz ao paciente.

 

O principal argumento judicial que leva muitos pacientes a conseguirem uma prótese  está na própria Constituição que assegura que a saúde é direito de todos e dever do Estado, o que está explícito no artigo 196. 

 

“Art. 196 da C.F. – A saúde é direito de todos e dever do Estado, garantido mediante políticas sociais e econômicas que visem à redução do risco de doença e de outros agravos e ao acesso universal e igualitário às ações e serviços para sua promoção, proteção e recuperação.”

 

E esse direito às próteses se estendem também para aqueles que não têm convênio médico e dependem do SUS. Para aqueles que têm convênio médico, em muitos casos, o convênio se negará a pagar a prótese, porém se o paciente entrar com ação judicial, pode ser que consiga.

 

 Todo paciente que precisa de tratamento deve ser assistido da melhor forma possível e com o tratamento mais eficaz, tanto na saúde pública, quanto na privada como forma de assegurar-lhe dignidade da pessoa humana que é o maior princípio da Constituição brasileira.

 

Mas para que você fique totalmente por dentro desse assunto, nós temos um Ebook que fala sobre como conseguir uma prótese através de ação judicial, basta clicar abaixo e fazer o download.

 

justiça concede direito a protese
Baixe nosso e-book grátis

 

Gostou do nosso artigo sobre amputação traumática? Deixe seu comentário abaixo, compartilhe e nos siga em nossas redes sociais Instagram e Facebook para ficar por dentro de nossas atualizações.

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *