como cuidar do seu liner

Como cuidar do seu Liner: confira as dicas

O Liner desempenha um papel fundamental no conforto e mobilidade de um usuário de prótese ortopédica. É feito de material flexível e acolchoado como silicone, elastômero termoplástico (TPE), poliuretano entre outros, desenvolvido especialmente para o coto do amputado. Continue a leitura e veja algumas dicas de como cuidar do seu liner.

 

Os liners são muito importantes para quem utiliza prótese pois, ajuda reduzir o movimento e a fricção entre a pele e o encaixe, aumenta a fixação da prótese além de proteger e hidratar a pele do coto.  

 

 

como cuidar do seu Liner
amputado utilizando liner com pino

 

Conheça os materiais do Liner  

Para que você possa cuidar do seu liner da melhor forma possível, conheça melhor os materiais que são feitos.

 

TPE – Conhecido como elastômero termoplástico, este material é ultra macio, é um composto de gel que fornece acolchoamento e uma vedação firme;

 

Copolímero – macio e altamente elástico, ótimo para cotos com pele seca, ideal para amputados com baixa atividade. Funciona melhor com suspensão por pino ou sucção; 

 

Poliuretano – (PUR) – é melhor para cotos sensíveis, ósseos ou com cicatrizes. O poliuretano permite que a pressão do encaixe seja melhor distribuída, amortecendo a pressão no coto, funcionando melhor com a suspensão a vácuo ou sucção.

 

Silicone – este material é melhor para cotos que possuem tecidos moles. Os liners de silicone possuem alta estabilidade e aderência e funcionam melhor com suspensão shuttle-lock (revestimentos acolchoados com um pino na extremidade). O silicone é um material durável fácil de manter, macio e resistente à pressão.

 

Como os liners se desgastam?

Veja abaixo alguns motivos que causam o desgaste de um liner:

 

Diminuição do volume do coto – quando o seu coto muda de tamanho causa uma área frouxa dentro do encaixe da prótese, gerando um movimento excessivo onde o gel ou silicone do seu liner irá absorver todo o atrito, causando danos ao material;

 

Rasgos acidentais – com o tempo é natural que o liner se desgaste, e embora o silicone seja um material resistente, rasgos acidentais com objetos pontiagudos podem acontecer;

 

Limpar Liner com produtos químicos – sempre depois de limpá-lo com álcool ou outros produtos à base de álcool, certifique-se de enxaguar bem pois, quando o liner é exposto a este produto por um período prolongado de tempo, pode ressecá-lo.

 

ebook dicas de reabilitação para pré e pós protetização
Baixe nosso e-book grátis: Dicas de Reabilitação para Pré e Pós Protetização

 

Dicas de limpeza e manutenção do seu Liner

A limpeza e manutenção do seu Liner deve-se tornar parte da sua rotina diária de higiene. A limpeza regular de qualquer coisa que toque a sua pele é uma maneira fácil e eficaz de manter o seu coto saudável. Veja algumas dicas:

 

  • Remova o liner do seu coto e vire-o do avesso;
  • Com água morna, enxague o liner para remover quaisquer resíduos que possam ter se acumulado enquanto você o usava;
  • Use uma ou duas gotas de sabão e aplique bem. Esfregue suavemente para remover qualquer resíduo que tenha se acumulado no interior;
  • Depois que passar o sabão, enxague bem com água morna até que não fique nenhum resíduo;
  • Você também pode lavar a parte externa do Liner. Certifique-se de enxaguar bem a parte externa e interna para que resíduos de sabão não se acumule;
  • Utilizando uma toalha sem fiapos, seque o lado do gel ou silicone do liner. Em seguida, vire o lado direito para que o gel ou silicone fique novamente dentro;
  • Use um suporte para secagem do Liner e deixe-o secar ao ar livre, mas não exposto ao sol, pois isso irá causar rachaduras no material;
  • Deixe o liner secar completamente os dois lados. O ideal é que se tenha um segundo liner para usar enquanto o outro estiver secando;
  • Sempre consulte o manual do fabricante do seu liner.

 

Você pode utilizar álcool isopropílico para desinfetar a parte interna do seu Liner uma vez por semana. Depois de aplicá-lo, deixe descansar por alguns minutos e em seguida lave com água morna para retirar qualquer resíduo de álcool. É muito importante enxaguar bem para retirar todo álcool para que ele não resseque o material do liner. O objetivo do álcool é se livrar das bactérias que causam mau cheiro.

 

O que deve ser evitado?

  • Sabonetes com perfume, loção ou qualquer outro produto químico deve ser evitado no momento da higienização do liner;  
  • Óleos essenciais – mantendo uma boa higienização, não há necessidade de utilizá-los para mascarar odores. Estes tipos de óleos podem reagir com o material do liner e causar problemas mais tarde;
  • Não utilize desinfetante ou outros produtos com álcool agressivo. O bom e velho sabão com água funcionam muito bem;
  • Ao fazer a lavagem do seu liner, sempre faça uma inspeção visual para verificar possíveis rasgos.

 

O que fazer quando o Liner se desgasta?

Fazendo a higienização diária do seu liner como foi mencionado anteriormente tomando todos os cuidados, irá evitar desgastes e prolongar a sua vida útil e prevenir irritações na pele, erupções cutâneas, infecções e mau cheiro. 

 

Mas se acontecer algum dano maior ao Liner, procure o seu técnico em próteses e verifique se ainda está na garantia, a maioria dos revestimentos são cobertos por uma garantia de 6 meses. Para haver a troca por parte do fabricante, você terá que ter uma justificativa válida, então certifique-se de ter todos os documentos necessários.

 

Gostou de saber mais informações sobre como cuidar do seu liner? Qualquer dúvida, deixe seu comentário abaixo, compartilhe com seus amigos e nos siga em nossas redes sociais Instagram  e Facebook para ficar por dentro das novidades. Até mais!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *