historias de vida Valeria Helena

Valéria Helena: superação e persistência foram a chave para o sucesso

Valéria Helena tem 29 anos, mora na cidade de Juiz de Fora, Minas Gerais. Aos 17 anos de idade, ela sofreu um acidente na linha férrea da cidade onde mora e teve uma amputação bilateral das pernas. 

 

Após 10 meses do acidente, Valéria conseguiu com a ajuda da família e amigos, comprar um par de próteses. Porém, estas próteses que ela utilizou por 11 anos lhe causavam muita dor, desconforto, não dava a qualidade de vida que precisava, limitando muito a sua liberdade para poder fazer as suas coisas do dia a dia.

Proteses Antigas da Valeria
Próteses antigas da Valéria

 

 

Valeria usando próteses antigas
Valéria usando as suas próteses antigas

Ela conta: “Não tive forças nesse meio tempo de me expor para pedir ajuda, para conseguir um par de próteses de melhor qualidade”. 

 

E depois desses 11 anos, Valéria viu que não tinha outra opção senão ir à luta para conseguir meios financeiros para poder conquistar uma prótese de melhor qualidade. 

 

Foi então que no final de 2020, ela iniciou uma campanha de Vakinha online, fazendo a divulgação através do Instagram, mas não foi fácil. Ela conta que começou a vaquinha de uma forma anônima, onde enviava mensagens via direct do Instagram para algumas blogueiras pedindo ajuda na divulgação,mas não obteve muito sucesso pelo fato dela não ter montado uma campanha no seu Instagram. Valéria conta que tinha vergonha de pedir ajuda, por achar que estaria se humilhando. 

 

Com a ajuda de uma fisioterapeuta, que a ajudou a abrir a mente para a questão de que não seria vergonha nenhuma pedir ajuda, se expor, ela criou a sua própria conta do Instagram e começou a divulgar abertamente a sua história, e a partir daí a sua campanha da vaquinha online foi um sucesso! Em apenas 2 meses, ela conseguiu arrecadar o dinheiro que precisava para poder comprar as suas próteses.

 

Valéria conta que  dois artistas fizeram a diferença nessa jornada da vaquinha, foram eles: Guilherme Leonel e Rafinha Bastos.   

 

Início do processo de protetização e reabilitação da Valéria

Depois que a Valéria montou o seu Instagram e começou a divulgar a sua campanha da vaquinha online abertamente, ela descobriu a Bionicenter através de postagens no Instagram. Entrou em contato com a empresa, fez uma avaliação online com Dr. Anderson, e a partir disso deu início a sua jornada.

 

Como dito anteriormente, em apenas 2 meses, ela conseguiu arrecadar o valor que precisava para adquirir as suas próteses. No mês de março de 2021 ela esteve aqui na Bionicenter para começar o processo de protetização, onde primeiramente recebeu a sua prótese com encaixe provisório, para que pudesse iniciar todo o processo de reabilitação.

Valeria com encaixe provisório
Valéria em sua fisioterapia com encaixe provisório após a primeira visita a Bionicenter em março 2021

 

E agora no mês de junho de 2021, Valéria recebeu as suas próteses com encaixe definitivo e irá continuar o processo de reabilitação com a sua fisioterapeuta na cidade onde mora, Juiz de Fora, Minas Gerais.

 

Valéria usando próteses novas com encaixes definitivos
Valéria com suas próteses novas com encaixe definitivo

 

Ela conta que está muito feliz e agradecida por todas as pessoas que a ajudaram. 

 

“Conheci muitas pessoas, eu renasci porque antes ficava muito escondida por vergonha, não conseguia falar para as pessoas sobre a minha deficiência, queria me esconder do mundo, então eu realmente me escondi durante 11 anos”

 

Próteses Novas e Agradecimentos

 

Com as próteses novas, Valéria diz que não sente dores comparada às outras que utilizava, e espera ter mais liberdade para poder construir os seus sonhos, ter mais liberdade para poder fazer as coisas do dia a dia.

 

E por fim, ela agradece por tudo que as pessoas fizeram e ajudaram, ela acredita que a gratidão, ser grato,  foi o que atraiu muitas coisas para a vida dela.

 

E a dica que ela dá para aqueles que estão em busca de conseguir a sua prótese é de batalhar, lutar. “Claro que não é fácil, às vezes você irá se sentir desmotivado, mas é normal, nada que custa dinheiro é fácil, mas tem que lutar, lutar e lutar, é a sua vida, você precisa buscar por você e não esperar que o outro faça por você”, diz Valéria.

 

Gostou de conhecer a história da Valéria Helena? Deixe seu comentário abaixo, compartilhe e nos siga em nossas redes sociais para ficar por dentro das novidades!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *